Enter your keyword

Braquioplastia

Dependendo do grau de flacidez nos braços, existem diferentes técnicas a serem utilizadas no momento da cirurgia. Assim, o tratamento dos braços pode ser realizado de três diferentes formas, como vemos a seguir:

Lipoaspiração:

Nos casos em que ocorre um pequeno acúmulo de gordura nos braços ou ausência de gordura e excesso de pele, ou ainda de pequena flacidez de pele, geralmente uma lipoaspiração sem cicatrizes maiores, garante bons resultados.  Esta técnica oferece uma capacidade maior de retração da pele.

Lipoaspiração com ressecção de pele:

Quando há um excesso de pele moderado localizado próximo à axila, a lipoaspiração seguida de uma ressecção de pele, deixando apenas uma cicatriz escondida na prega axilar, transversa ao braço, é uma boa opção. A marca da cirurgia pode ser escondida com uso de roupas de mangas curtas ou pelo simples repouso do membro na posição ortostática.

Lipoaspiração com grande ressecção de pele:

Se o paciente possui grande excesso de pele e  flacidez, o mais indicado é começar com uma incisão de 10 a 20 cm na parte interna do braço, que inicia na axila e vai ao cotovelo, e às vezes atinge o tórax. Por este corte, o médico retira a pele flácida e ajusta o tecido ao novo diâmetro do braço. Geralmente, os pacientes que apresentam um grande excesso de pele no braço, são os que realizam a cirurgia de redução de estômago. Esta forma de incisão é a mais indicada para eles.

Anestesia e tempo de cirurgia:

A anestesia utilizada numa braquiplastia é normalmente local com sedação ou geral, dependendo da extensão do procedimento. A duração do ato cirúrgico varia entre uma e três horas. Este tempo pode aumentar caso a braquiplastia seja associada à lipoaspiração ou a outros procedimentos. O período de internação pode ser de poucas horas ou até de um dia, quando também há associação a outros procedimentos cirúrgicos. O paciente já deixa o centro cirúrgico utilizando uma malha de contenção que deve ser usada segundo orientação do cirurgião.

Cicatriz:

A cicatriz fica localizada na parte interna do braço, variando de tamanho conforme a extensão operada. A cicatriz costuma ficar em posição vertical no braço, sendo visível. Entretanto, cada vez mais se escolhe o posicionamento da cicatriz nas axilas, com tamanho médio de 10 centímetros, se possível, de acordo com a avaliação técnica minuciosa do cirurgião plástico.

De acordo com as propostas cirúrgicas, existem as seguintes possibilidades de cicatrizes:

– Na lipoaspiração: apenas uma cicatriz na axila de 0,5 cm e outra na prega do cotovelo.
– No lifting de braço: uma cicatriz transversa ao braço localizada na axila, visível apenas com os braços erguidos e disfarçada sob uma blusa ou camisa de manga curta.
– Na braquioplastia convencional: uma cicatriz longitudinal (da axila ao cotovelo), localizada na parte interna do braço, a qual é mais visível quando comparada às outras técnicas.

Dúvidas e dicas

Confira abaixo a relação de dúvidas e dicas sobre o procedimento.

  •  Cuidados gerais com o pós operatório:
    Siga exatamente as informações fornecidas pelo médico para evitar cicatrizes, inflamações, inchaços, assim conseguindo uma recuperação mais rápida e confortável. É importante também seguir algumas recomendações gerais:
    – Repousar é fundamental;
    – De acordo com o procedimento efeito alguns movimentos podem ter restrições, pergunte ao seu médico qual movimento você pode ou não realiazar;
    – Priorize uma alimentação leve e natural;
    – Sempre que indicado usar modelador;
    – Realizar drenagem linfática para eliminar inchaços e possíveis hematomas;
    – Os curativos devem ser trocados de acordo com as prescrições do médico;
  •  Cuidados gerais com o pré-operatório:
    Antes de efetuar qualquer cirurgia é fundamenta estar com o corpo preparado para que o procedimento e a recuperação alcancem o resultado esperado. Também é muito importante esclarecer todas as informações com o médico.
    Além das recomendações referentes ao procedimento escolhido que irá realizar, as listadas abaixo devem ser levadas em consideração sempre:
    – Informar o médico no caso de alguma infecção ou gripe, nestes casos geralmente a cirurgia é adiada para uma recuperação completa do organismo;
    – Não ingira comidas muito pesadas na véspera da cirurgia, evite ao máximo ingerir bebidas alcoólicas e fumar;
    – 15 dias antes da cirurgia é fundamental cessar o uso de todo e qualquer medicamento a base de ácido acetil-salicílico (AAS, Aspirina, Bufferin, Melhoral), evitar diuréticos e medicamentos de efeito anticoagulante.
    – Para eliminar impurezas aconselhamos fazer drenagem linfática;
Entre em Contato

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem